Radio Verdes Campos! É do seu jeito! - A melhor radio de Gramado, canela e Regiao

Pavimentação concluída no Loteamento Renascer

Os 3.200m² de calçamento das vias foram feitos com bloquetos de concreto, com investimento aproximado de R$ 230.400,00 entre material e mão de obra.

572

A Administração Municipal realizou na sexta-feira (19.5), mais um encontro do Projeto Canela Participa. Desta vez para a entrega da pavimentação das ruas do Loteamento Renascer, no bairro Sesi.

Os 3.200m² de calçamento das vias foram feitos com bloquetos de concreto, com investimento aproximado de R$ 230.400,00 entre material e mão de obra.

O prefeito Constantino Orsolin comandou o encontro e destacou que após a instalação das redes de água e energia elétrica, agora chegou o momento de acabar com a poeira e o barro, contribuindo para uma melhor qualidade de vida dos moradores.

O chefe do executivo também explicou que pôr as vias ainda não terem nomes e pelo loteamento ser de interesse social, os moradores não pagarão pelo investimento.

“Hoje saio daqui com a sensação de missão cumprida, pois sei que nada dá mais dignidade ao ser humano do que ele ter a sua casa, que é o que todos nós, quando não temos, almejamos. E sem esse trabalho conjunto, o Renascer não seria possível.”, explicou.

O secretário de Assistência, Artur Pacheco destacou que “muitos encontros e até discussões ocorreram até chegar a esse momento, mas a satisfação em ver a alegria de cada família já justifica todo o trabalho realizado. Ainda temos algumas coisas para concluir, mas num futuro próximo tudo será resolvido”.

Marcelo Savi, secretário de Obras, se emocionou ao falar de algumas famílias beneficiadas. Passa um filme na minha cabeça, porque eu estive ao lado de alguns que perderam suas casas e outros, algum membro da sua família que queria ter um lar. Se chegamos a esse momento é porque nós damos as mãos e nunca desistimos “, ponderou.

Também atuaram na ajuda para o Loteamento Renascer sair do papel os agentes políticos Andresa da Conceição, a Mana, Gilmar Ferreira, Osmar Bonetto, Álvaro Grulke, Jonas Bohn, que em algum momento do processo foram secretário ou secretário adjunto da pasta de assistência.

Ao todo são 33 lotes com metragem média de 264 m², ocupados com residências unifamiliares que beneficiam canelenses que anteriormente habitavam em áreas invadidas ou regiões em situação de vulnerabilidade social.

Graciela Barbosa falou em nome dos moradores e agradeceu a todos os envolvidos no processo “Me lembro que o Loteamento Renascer começou no primeiro mandato do Prefeito Constantino Orsolin, lá pelos meados de 2010 e eu comentava com os meus conhecidos, se eles não fizerem por nós, ninguém fará. Veio a outra administração em 2013 e eles até atendiam a gente bem, mas não resolveram o nosso problema. Éramos ouvidos e não atendidos. A nossa esperança retornou quando lá em 2017 fomos procurados e avisados que os trâmites do loteamento iriam recomeçar. Hoje só temos a agradecer porque só a gente que morava no casarão no Distrito Industrial sabe o pavor que era quando ventava. Parecia que tudo ia desabar. Hoje o sonho de nossa casa própria é realidade e a gente só é feliz e só tem a agradecer”, ponderou.

A administração municipal agradece Ricardo Lopes Castelo Branco que gentilmente cedeu o espaço de sua oficina para a realização do encontro.

Comentários