Radio Verdes Campos! É do seu jeito! - A melhor radio de Gramado, canela e Regiao

Interdições em Estradas, Pontes submersas e Aulas Suspensas na Serra Gaúcha

190

A passagem de um novo ciclone extratropical, iniciada na noite desta quarta-feira (12), já tem impactos na serra gaúcha. Um deles é a suspensão das aulas na rede estadual, em toda região, como forma de prevenção, nesta quinta-feira (13).  Os ventos chegaram a quase 97 km/h.

Condutores que precisarem circular pela BR-470, em André da Rocha, devem se atentar a um bloqueio feito pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Em função do transbordamento do arroio Floriano, a pista está interditada no quilômetro 107, entre o município e Barretos. Como rotas alternativas, os condutores podem utilizar a RS-126, em Ibiraiaras, ou a RS-434, em Ciríaco.

A terceira pista da Rota do Sol (RS-453), no quilômetro 112, sentido Garibaldi a Farroupilha, está bloqueada após uma queda de barreira devido às fortes chuvas na região. Apesar da interrupção, o fluxo está normal na via. Já no sentido contrário, no quilômetro 104, há uma outra queda de barreira, bloqueando a terceira pista. Fluxo segue normal, mas requer atenção.

Já a RS-441 está totalmente bloqueada no quilômetro 25, em Vista Alegre do Prata, devido a um alagamento sobre a pista, conforme informações do Grupo Rodoviário de Nova Bassano.

Duas estradas no interior de Carlos Barbosa estão com bloqueios. Uma na Linha Nei e a outra em Santa Clara Baixa. Corpo de Bombeiros e Defesa Civil devem iniciar os trabalhos nesta quinta.

A estrada da Linha Marcondes, em Gramado, tem bloqueio após deslizamento de terra e queda de árvore. Equipes devem limpar o local na quinta. O Campestre do Tigre é uma alternativa de deslocamento na localidade.

A ponte sobre o Arroio Lava-Pés, no quilômetro 24 da RS-476, em São Francisco de Paula, está com tráfego restrito, segundo o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Apenas veículos de passeio devem circular no trecho entre a RS-235 (Saiqui) até a RS-453 (Lajeado Grande, em São Francisco de Paula). O bloqueio deve durar cinco dias.

Outra ponte que está submersa é a que liga Guaporé a Anta Gorda. A estrutura é a principal ligação entre os dois municípios, que ficam 25 quilômetros um do outro via RS-441, trecho de chão batido da rodovia. A outra opção entre as duas cidades é via RS-129, passando por Encantado, e a RS-332, o que aumenta o deslocamento em cerca de 70 quilômetros.

As pontes sobre os rios das Antas e Carreiro estão totalmente submersas, em Cotiporã. Elas ligam o município a Bento Gonçalves e Dois Lajeados, respectivamente. Com isso, dois dos três acessos da cidade estão bloqueados. A única alternativa de deslocamento de entrada e saída do município passa a ser o acesso por Veranópolis. Para isso, motoristas devem utilizar a BR-470 e, depois, acessar Cotiporã pela RS-359.

Comentários