Radio Verdes Campos! É do seu jeito! - A melhor radio de Gramado, canela e Regiao

Gramado adota nova estratégia visando o controle da dengue

39

A Administração Municipal de Gramado, por meio da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, está adotando uma nova estratégia visando o controle da dengue. Somente no início deste ano de 2024, em todo o Estado, já foram registrados mais de 4.400 casos em mais de 460 municípios. Diante deste cenário a Prefeitura de Gramado adota uma medida inovadora que integra programas dos governos estadual e federal: as ovitrampas – tecnologia para o monitoramento do Aedes aegypti por meio de armadilhas para atrair a fêmea do mosquito.

O coordenador da Vigilância Ambiental de Gramado, José Mário, explica que o trabalho será realizado nesta semana, na quarta e na quinta-feira (dias 21 e 22), caso as condições climáticas permitam. “Serão três equipes percorrendo todas as regiões da área urbana de Gramado, com servidores devidamente uniformizados e identificados. Vamos instalar as armadilhas em locais públicos e também em residências com a devida autorização dos moradores”, detalha José Mário, ressaltando que a ação terá apoio da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde, com a presença do coordenador Marcos Ferreira. “As armadilhas permanecerão instaladas por até cinco dias e posteriormente serão recolhidas para análise e quantificação dos ovos depositados”, afirma José Mário, lembrando que esta será a primeira vez que a técnica de ovitrampas será colocada em prática em Gramado.

Já o secretário de Saúde de Gramado, Jeferson Moschen, reforça que o engajamento da comunidade nas medidas de prevenção é fundamental para combater a dengue e preservar a saúde de todos. “Como poder público seguimos adotando estratégias e investindo no que de mais moderno e eficaz existe no mercado. Mesmo com todas as medidas adotadas até então, precisamos da colaboração da comunidade para conter o avanço do mosquito”, alerta Jeferson. O prefeito Nestor Tissot determinou uma atenção especial das equipes de saúde. “Todos devemos estar atentos em nossas casas e locais de trabalho, alertando e orientando familiares e amigos para que possamos evitar novos focos”, alerta Tissot.

Comentários