Radio Verdes Campos! É do seu jeito! - A melhor radio de Gramado, canela e Regiao

Conhecido como Elon Musk brasileiro, empresário montará carro elétrico em planta industrial de Caxias.

399

Caxias do Sul ficará marcada na história da indústria automobilística do Brasil. Na quinta-feira (21), a Lecar inicia a montagem do protótipo de um carro elétrico originalmente brasileiro no município, onde será estruturada a fábrica da empresa. O projeto é do empresário capixaba Flávio Figueiredo Assis, conhecido como Elon Musk brasileiro — por conta da semelhança com a história do norte-americano, proprietário da Tesla.

O modelo, que terá a montagem em Caxias, é o Lecar Model 459, que terá custo de R$ 279 mil e autonomia de 400 quilômetros por carga. O início da produção do primeiro veículo da montadora contará ainda com transmissão no Instagram e Youtube, a partir do @lecarbrasil.

— Além de um projeto que favorece a mobilidade e a sustentabilidade, nosso objetivo é fazer com que o Brasil seja visto de forma valorizada, assim como sempre deveríamos ser vistos. Somos a oitava economia do mundo e ainda não tínhamos nenhuma montadora nacional. Vamos mudar o rumo da história — afirma o empresário.

 

Empresário Flávio Figueiredo Assis em empresa que tem a montagem do protótipo.

Conforme a comunicação da empresa, Caxias foi escolhida para sediar a planta industrial porque há muitos fornecedores próximos, bem como o cenário industrial da cidade. Antes da montagem, a equipe da Lecar trouxe ao município um Tesla para desmontá-lo e entender a engenharia do veículo. A sede administrativa ficará em Alphaville (SP).

Ainda de acordo com a assessoria da Lecar, a tecnologia do veículo será brasileira, bem como a equipe de 30 engenheiros, com passagens em empresas como Gurgel, Troller, JPX, Ford, Toyota, Nissan e Marcopolo. Neste momento, o capital é 100% próprio, mas existe a expectativa de realizar uma oferta pública inicial (IPO) em 2025. Ou seja, abrir capital na bolsa de valores.

Das peças do Lecar Model 459, 35% serão importadas da China, do fabricante Wiston — o mesmo que fornece para Volkswagen e Hyundai. O restante terá produção nacional.

— Nosso país é privilegiado, com matéria-prima apropriada e abundante para a produção de carros 100% elétricos — observa Assis.

Montagem de 300 veículos por mês

Conforme apurado pela RBS TV, a Lecar está estruturando uma sede em Caxias para a produção em série do veículo. No momento, o espaço de uma parceira é utilizada para a finalização do protótipo.

A conclusão deve ser em fevereiro. Após isso, o carro segue para uma série de homologações em Londres, na Inglaterra, onde será submetido a avaliações de impacto, aerodinâmica e até simuladores de segurança. Essa etapa terá duração de até nove meses. Depois disso, o produto entrará em linha de produção, devendo estar disponível ao mercado a partir de dezembro de 2024. A previsão é de que 300 unidades sejam produzidas por mês em Caxias.

A estratégia da Lecar é focar inicialmente em vendas na Grande São Paulo, especialmente entre a capital, Campinas e São José dos Campos, onde a empresa deve investir em uma rede de infraestrutura para recarregamento de bateria. Depois, o plano é expandir nacionalmente e para países como Estados Unidos, França, Itália e Mônaco.

— Já estamos alinhando uma série de parcerias nesses países para levar nossa marca para o mundo — informa o empresário.

 

 

 

 

 

 

 

 

.

 

 

 

 

 

fonte/crédito: GZH*

Comentários